Celebre a vida!

E ai povo abençoado!

Semana passada estive falando sobre a morte, mas amanhã celebraremos a vida, é claro q vamos ter que dar uns presentinhos e quem não gosta de receber uma coisa maneria?

Mas aquilo q deve ser celebrado é o mistério do nascimento de um menino. Menino este q passaria batido como tantos outros meninos pobres q nascem todos os dias. Mas não este , q tinha sua vinda profetizada, q abriu a madre sem ela se deitar com o marido , q fez uma estrela brilhar mais alto no céu indicando o local do nascimento, presenteado e adorado por uns certos magos, q não eram reis ,menino q foi perseguido pelo Rei, fugitivo no seu próprio nascimento, mas a salvo foi apresentado ao oitavo dia à Deus, o qual disse:

-“ Sim sim! Esse conheço bem, sou EU! Que bonitinho.”(penso eu galera)

Que cresceu em sabedoria, foi tentado, perseguido, provado e aprovado e se tornou o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, aquele q era o início se tornou o fim, cumprindo a vontade do criador; para o nosso bem.

sorriso

Obrigado Senhor!

Até queria falar mais sobre o Natal, mas depois q li o post da Paty estava pensando sobre meu propósito nessa terra, e comecei a pensar sobre meu próximo ano; se ia ganhar mais uma grana, se ia tirar melhores notas na facu, se ia viajar, se ia amar e ser amado mais q este ano.

Fazendo aqui um balanço pensei q deveria melhorar em muitas coisas e tbém q deveria repetir e fazer outras q foram muito boas, coisas q fazemos qdo inspirados e tomados pelo Espirito Santo, coisas q mostram a compaixão de Deus, o amor por nós e pelo próximo, simples coisas, mas q fazem a diferença.

Então…como foi desde o dia em q entrei aqui no blog, vamos a historinha da minha vida.

Certa madrugada fria, bem fria de São Paulo, estava chegando em casa com o carro do papai vindo de uma reunião na igreja, o relógio já batia 2 da madruga e enquanto fechava o portão da garagem vi trê crianças na rua, elas estavam de pijama sentadas na calçada umas três casas ao lado da minha.

Pensava no q aquelas crianças faziam ali aquela hora, um menino aparentando ter uns 12, uma menina pouco mais nova com uns 10 anos e uma menorzinha ainda descalça ali naquele frio, conhecia eles apenas de vista eram novos na rua e como eu sou turista em minha própria casa, não havia conhecido seus pais.

O frio batia na minha espinha e sem pensar muito fui até eles e perguntei ao menino o q estava acontecendo,  ele me disse q o pai estava passando mal e por isso ele pegou as irmãzinhas e sairam de casa.Achei estranho e perguntei pela mãe, disseram q estava trabalhando, pois trabalhava num hospital. Quis saber mais pelo pai, mas o frio me impedia de ficar ali batendo um papo.

Resolvi coloca-los dentro da minha casa, fiz o convite, eles aceitaram, na sal de casa trouxe um cobertor e umas bolachinhas com danone, perguntei melhor  e o menino disse q o pai estava se mexendo muito, fazia uns barulhos e babava. Como um bom crente pensei “tá endemoniado”.

Morrendo de medo fui acordar meu pai pra ir até lá, meu pai se virou e disse “aquele ali! Deve ser pinga!” tornou a virar e dormiu. Então fui até minha mãe, q se levantou e foi ficar com as crianças enquanto eu tomado de coragem fui com o menino até a casa dele. Perguntei sobre a chave do portão e ele me disse q não tinha, q havia pulado o muro vizinho q era de um terreno onde uma casa tinha desabado e q passou pelo meio dos entulhos para sair. Então lá vamos nós pelos entulho, detalhe quase 3 de madru, eu não estava vendo nada. Qdo chegamos encontrei um senhor dormindo tranquilamente, pedi para o menino acordá-lo, oara eu não assustá-lo, mesmo assim ele se assustou, conversei por alguns minutos com os dois, sem perceber sintomas de alcool e sem discernir um ambiente maligno concluí q o homem teve um ataque epilético, sem perceber durante o sono. Bom daí eu estava tranquilo, voltamos atém minha casa buscamos as meninas, passamos novamente pelo terreno, pois o paai não tinha a chave, só q agora eu estava com a menininha no colo.

Conversei por mais alguns minutos, orientei o homem a procurar tratamento, o qual tranquilamente aceitou, depois os abençoei e fui.

Galera não acho q tenha nada de estraordinário nessa história, nem algum terror, mas sei q é Deus quem me ensina a amá-lo e amar o próximo.

Hoje não tem nenhum estudo nem versículo, mas agradeço a Deus por sermos um corpo e concordar com as palavras da querida Paty.

Por isso amado se tem algo para se fazer nesse ano de 2010, algo q vale a pena investir seu tempo seu dinheiro e suor, invista naquilo q é importante pra Deus, com certeza vai ser muito bom pra mim e pra vc.

Pq eu tenho visto q o negócio de Deus aqui na TERRA são pessoas.

Q vc possa fazer alguém ter um feliz Natal e um melhor  2010.

Deus abençoe.

Advertisements

~ por Fernando Ortega em Quinta-feira | 24 Dezembro | 2009.

7 Respostas to “Celebre a vida!”

  1. eae Marcio…
    Cara Curti o post, Brother..
    O evengelho Precisa de mais de acão e não só de palavras..
    “se o Mundo ainda é mal, o Culpado esta Diante do espelho” ..
    Fim de semana de Vitórias..
    Deus continue lhe Honrando..
    Abraços

  2. “Servir as pessoas é servir a Deus”
    Que bom que vc aproveitou a oportunidade!!!!
    Aliás, é só olhar ao redor que oportunidades não faltam…

    P.S:Senhor nos ajude a ter a mesma sensibilidade que Jesus teve(diante dos AFLITOS e NECESSITADOS) e nos ensine…nos ensine a viver o teu amor, não somente falar, mas viver !!!!

  3. Olá Márcio que benção esse post, hj natal e eu estava mesmo pensando em algumas coisas como essa que vc deixou para nós,no amor ao próximo , isso é benção.

    Sou novo por aqui mas tenho acompanhado alguns posts e fazem uns 15 dias isso , e olha tem sido benção esse blog na minha vida e tenho orado pra Deus abençõar cada vez mais voces todos ai , eu moro aqui em Cascavel -PR quando vierem pra cá se vierem ehehe é só dar um toque serão bem vindos com certeza, Deus abençõe um abraço e feliz natal .

  4. Amém Marcinho, lindo esse pequeno testemunho,Deus te usou né?
    Vamos amar ao próximo como a nós mesmos, o que mais Deus se alegra é disso, pois como eu costumo dizer, se nós que temos irmãos de sangue brigamos com ele e criamos mágoas, os nossos pais ficam muito tristes de ver os filhos brigados, imagine o Deus pai de todos?Ver os filhos que ele ama por igual não se importando uns com os outros, nem os amando….Devemos prestar atenção!!!

    Bjs

    Kitty

  5. Oiiii!!!! Marcioo…a paz meu querido!
    que lindo o post, surpreendente…
    Como o Senhor nos ensina, a cada dia não é…
    Em simples coisas…mas que fazem uma enorme diferença em nossas vidas…
    Que Deus te abençoeee Marcião…fique na paz!
    Um abraçuuuuu!!!!! 😉

  6. cara, é extraordinário sim… não é todo mundo que faz o q vc fez, hj não dá pra confiar em ngm…
    e eu tenho aprendido que fazer a obra de DEUS nem sempre é pregar, orar, expulsar demonio… mas vc ser gentil, agradável, atencioso, enfim, AMAR é a essencia da obra de DEUS…

    feliz 2010 cara, e que nós possamos crescer mtu… sobretudo no amor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s