Conto de um gaúcho

Post escrito por Milton Gross.

Primeiramente dedico este conto ao nosso PAI amado que deu Seu único Filho para que todo aquele que Nele crer não morra, mas tenha a vida eterna. Leia João 3:16.

A todos esses queridos e amados leitores meu sincero abraço com todo o amor que possuo em Cristo Jesus. Em especial a pessoa que me incentivou a escrever este conto.

“A resposta sincera é sinal de uma amizade verdadeira”. Provérbios 24:26.

“É melhor a crítica franca do que o amor sem franqueza”. Provérbios 27:5

fogueira

CAPÍTULO 1: Para que nasci?

Estava eu sentado em meu quarto escutando música no meu Ipod e pensando no passado em mais um dia quente de primavera (ah, estou tentando ser descritivo – uhahahuaaua). Fiquei pensando nas coisas que fiz, nas coisas que deixei de fazer, nas pessoas que conheci e quais delas gostaria de rever ou ter passado um tempo a mais. Estava pensando também nas pessoas que vou conhecer, quando afinal que vou namorar, quem será e como será a garota? (acho que devo ler mais alguns posts de namoro aí – huauauhahua). Acredito que todos nós já nos perguntamos algo do gênero não? Pois bem, em meio a esse mar de pensamentos, folhando algumas páginas da Bíblia, um versículo sublinhado me chama a atenção: “De tudo que foi dito, a conclusão é esta: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.”. Eclesiastes 12:13.

Refletindo nesse versículo, me veio em mente. “Bom, então esta é a razão de estarmos aqui, estamos nesse mundo para honrar e glorificar a Deus com nossas vidas de todo o nosso coração através de nossos pensamentos e ações temendo-O e seguindo Sua vontade”. E foi realmente o que eu fiz no percorrer da minha vida? É o que eu estou fazendo no presente?

CAPÍTULO 2: My life.

Refletindo em todos os caminhos que percorri até agora, resolvi compartilhar com vocês, queridos leitores, um pouco da minha jornada. Acredito que não sou uma pessoa que sabe muito bem se expressar e descrever, mas prometo fazer o meu melhor. Bom, mas que falta de educação a minha, eu ainda não me apresentei. Meu nome é Milton Gross Jr, tenho 20 anos, nasci em Passo Fundo/RS – Capital Nacional da Literatura, mas sempre morei em Santo Augusto/RS – cidadezinha amada do meu coração. Falando em literatura/leitura, eu não gostava muito de ler, mas agora estou começando a adquirir esse hábito e esta sendo muito bom, recomendo viu (nada de ficar assistindo a Paixão de Cristo em vez de ler a Bíblia né pessoal – uahaaahua).

Continuando, eu nasci em um lar cristão (glória a Deus), meus pais levavam eu e minha irmã desde pequenos na igreja para adorar e glorificar a Deus como as crianças fazem. Mas éramos apenas crianças, puras, inocentes e ingênuas. Qual seria o verdadeiro significado de ir à Igreja? Quantas vezes fui forçado a ir ao grupo de Embaixadores do Rei (reunião dos juniores da igreja) enquanto o que eu realmente queria era estar em casa brincando com meus amigos. Agora entendo tudo o que meus pais fizeram por mim e sou muito grato a eles por toda educação, incentivo e perseverança que tiveram comigo.

Então, como fruto do amor e perseverança de meus pais e outros irmãos tendo como base a oração, aceitei a Cristo em meu coração com 8 anos de idade. Foi em uma noite da fogueira em um acampamento cristão que havia ido. Não lembro ao certo da mensagem ou o que me levou a aceitar a Cristo. Era uma criança introvertida, então levantar a mão em público era algo inusitável.

Lembro-me bem que naquele ano fui uma criança bem levada (uhauahuah) e no ano seguinte no mesmo acampamento com 9 anos de idade agora, aceitei a Cristo novamente. Mas dessa vez, algo estava diferente. Eu havia entendido realmente o que Cristo Jesus fez por mim, qual era a vontade Dele para comigo e qual caminho que eu deveria seguir de agora em diante. Então tudo começou a ficar claro a partir daquele dia, comecei a ter experiências maravilhosas com Deus e a crescer aos poucos espiritualmente.

CAPÍTULO 3: Provações e Tentações.

Estava tudo numa boa com Jesus no coração, até que chegou um período em minha vida de viver o evangelho em si. O período das provações e tentações. “Portanto, aquele que pensa que está de pé é melhor ter cuidado para não cair”. 1 Coríntios 10:12. E eu caí, caí feio. Sim, eu tenho que admitir que falhei em quase tudo e até me afastei de Deus por um tempo, mas isso serviu é claro de lição e experiência para que eu tivesse crescido. O contexto dessa história foi quando eu comecei a estudar em outra cidade (Ijuí/RS), não muito longe de onde eu morava. Lá, fiz novos “amigos”, aprendi a me virar um pouco melhor e a sair aos poucos da proteção dos pais.

Nesses três anos (da 6ª a 8ª série) acabei caindo em armadilhas feitas pelo inimigo que não conseguia sair. E eu comecei a mudar. Mudar para pior. Não posso culpar meus amigos da época (um deles havia sido criado na igreja como eu), eu deveria ser forte, dar o exemplo, mas muitas das coisas que fiz foram por influências deles (típica turminha do Bolinha). Posso dar muitos exemplos do que aconteceu comigo e do que eu fiz, mas muitas coisas prefiro deixar enterrado no passado. Mas para esclarecimento aos leitores da gravidade da situação, eu comecei a me envolver com ocultismo, sim essa porcaria mesmo, que pega muitos pessoas atualmente. Aquela história de magia boa, falar com espíritos e fazer pactos de sangue. Me tornei também uma pessoa muito orgulhosa, em que deixei de lado alguns amigos de infância (sorry guys) por me achar melhor do que eles e muitas vezes eu era o dono da minha vida, que eu faria os meus próprios caminhos, Deus gostando ou não. E foi o que eu fiz. Além é claro das brigas, palavrões, encrencas na escola, pornografia… Bah, da pra fazer uma lista enorme com tudo de errado que eu fiz e aprendi a fazer. Entretanto, quando voltava da escola para Santo Augusto para o convívio da família e nos finais de semana com a igreja, eu era um santo. Sim, um santo do pau oco. Teve até um irmão da igreja que disse para meu pai: “Esse vai da um guri bom”. Mau ele sabia de como era o meu verdadeiro eu, pois era um X9 como dizem por aí (falso e/ou hipócrita – relacionado à minha vida e não com as pessoas, ou seja, estava enganando a mim mesmo).

CAPÍTULO 4: Recomeço.

“Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda a maldade”. 1João 1:9.

Bom e foi isso que eu fiz. Se não fosse pela Graça de Deus e Sua misericórdia, não sei o que seria de mim, sinceramente. Ta, mas como que caiu a minha ficha? Tudo recomeçou em um acampamento promovido pela Igreja de Santo Augusto no ultimo semestre do ensino fundamental. Lá, Deus me tocou tremendamente. Não, Deus me sacudiu literalmente: “Milton… acorda cara… raciocina, olha o que você esta fazendo, não foi para isso que você esta neste mundo, eu tenho um plano maravilhoso para a sua vida, Eu estou contigo em cada momento…”. Então os meus olhos se abriram e eu reconheci que estava coberto pelo pecado e me arrependi. Eu estava acorrentado pelas correntes da destruição, estava cego, surdo e mudo para as coisas de Deus. Mas Jesus me libertou com seu imenso amor e eu tive que lutar contra as tentações que viriam/continuariam a me cercar, mas agora eu sabia o que tinha que fazer e como fazer, além de saber e sentir que Deus estava ao meu lado me dando forças para lutar, me protegendo do mal e me guiando conforme a sua vontade.

CAPÍTULO 5: Buscando a Santidade.

“Sejam obedientes a Deus e não deixem que a vida de vocês seja dominada por aqueles desejos que vocês tinham quando ainda eram ignorantes. Pelo contrário, sejam santos em tudo o que fizerem, assim como Deus, que o chamou, é santo. Porque as escrituras sagradas dizem: Sejam santos porque eu sou santo.” 1 Pedro 1:14-16.

Gosto de relacionar que a busca da santidade em minha vida recomeçou quando me mudei para Santa Maria/RS para fazer o ensino médio. Lá comecei a freqüentar uma igreja muito abençoada. No começo não foi fácil me enturmar com a galera pelo fato da minha personalidade e do que tinha ocorrido no passado. Não queria que aquilo se repetisse novamente. Mas o grupo de adolescentes era muito animado e cativante e aos poucos fui me abrindo e conhecendo o pessoal melhor. Posso dizer que no três anos e meio que freqüentei aquela igreja, cresci muito espiritualmente, no conhecimento da palavra de Deus e na comunhão com os irmãos. Participei de muitos eventos como evangelismos, vigílias, projetos sociais, trabalho com as crianças, acampamentos, viagens para outras cidades… olha aí tem história mesmo. Participei também por um tempo no grupo de louvor dos adolescentes, foi uma benção e foi nessa época também que eu me batizei =).

Fico muito feliz por ter estado lá e ter conhecido muitas pessoas que se dedicam verdadeiramente de coração para que Jesus seja engrandecido e anunciado. Não tenho tido contato com o pessoal atualmente, mas eles sempre ficarão guardados no meu coração.

Não posso esquecer de mencionar nessa parte da história um grande amigo que tenho que foi meu colega da escola. Sim, além de colega se tornou um grande amigo mesmo. O que seria de mim se ele não fizesse inúmeros questionamentos durante as aulas sobre a Bíblia, Jesus e religião? Ele me incentivou tremendamente a ler a palavra de Deus para que no próximo dia eu fosse responder a novos questionamentos. Abraço cara.

CAPÍTULO 7: Dúvidas???

Bah, final do 3º ano e aquelas dúvidas surgindo e se intensificando. O que fazer do meu futuro? Qual profissão que irei escolher? É algo para toda a vida, não? Desde criança sempre quis ser médico, mas também quis ser dono de mercado, professor, lutador, bombeiro… Meus pais é claro queriam que eu fizesse Medicina. Mas o que realmente eu queria? Buscando a vontade de Deus reformulei a minha dúvida. O que Deus queria que eu fizesse?

“Lembrem que o Senhor Deus trata com cuidado especial aqueles que são fiéis a ele; o Senhor me ouve quando eu o chamo”. Salmos 4:3.

Então eu busquei ao Senhor em oração e ele me respondeu. Não foi uma resposta vinda dos céus em que eu ouvi uma voz dizendo: ”Milton… faça tal coisa… esta é a minha vontade”. Mas uma paz encheu meu coração por optar por Medicina e refletindo na minha escolha, não me via fazendo outra coisa no meu futuro. Então coloquei tudo nas mãos de Deus, e sempre em oração falava que se não fosse da vontade de Deus que Ele me mostrasse outro caminho.

Então, para encurtar a história, passei no vestibular para Medicina em Santa Cruz do Sul em que fiquei por lá um ano e meio. Bah a turma era muito legal, gostava muito da cidade, da faculdade…mas seguindo a vontade de Deus acabei que por milagre conseguindo transferência para Passo Fundo, minha cidade natal em que estou agora e onde a minha historia termina. Por enquanto. Uhauauhauha.

E eu não escreveria isso tudo também se não fosse por uma pessoa muito insistente (auaahua) que acabei conhecendo de uma forma tremendamente extraordinária. Foi ela que me apresentou esse blog abençoado muitas vezes (auhuhahuau). E eu pensava: “Aff, esses crentes mandando sites cristãos para mim (oh o orgulho hein…), ninguém merece.” Por isso que eu sempre digo: “Jesus transforma”. =) Eu nunca iria imaginar estar escrevendo tudo isso para um blog. Só Deus mesmo para colocar você na minha vida daquela maneira, não concorda??? Hugzão…

CAPÍTULO 8: Palavras finais…

Sinceramente, quando Deus tocou o meu coração para escrever isso tudo, fiquei em dúvida com o que Deus queria trazer de mensagem para mim e para todos vocês.

Qual era Seu objetivo?

Pensado em toda a minha vida até agora que lição isso tudo traz para mim? Minha vida trazendo lição para mim mesmo? Ahaahahu

“Estejam alertas, fiquem firmes na fé, sejam corajosos, sejam fortes. Que tudo o que vocês fizerem seja feito com amor”. 1 Coríntios 16:13-14.

Então uma música da cantora Aline Barros não saia da minha cabeça nessa semana (hauauhauhahu). Bah muito engraçado como Deus usa certas coisas para falar conosco não? Refletindo na letra da música Deus me tocou profundamente com o que eu deveria continuar fazendo para seguir em diante a minha jornada e também a sua jornada. E o trecho que realmente tocou o meu coração foi:

“Se tu me amas então guarda a tua fé… guarda até o fim. Ó filho meu…”

Sim, essa é a mensagem que quero trazer a vocês por meio deste post. Guarda a tua fé até o fim. Não desista. Deus está conosco a todo momento e nos ajudará sempre que precisarmos. Não deixe que seu pecado te desanime, mas arrependa-se e busque novas forças no Senhor. Alegre-se e busque a verdadeira felicidade que esta em Cristo Jesus. Abraço pessoal… fiquem na PAZ.

“Aos cansados ele dá novas forças e enche de energia os fracos. Até os jovens se cansam, e os moços tropeçam e caem; mas os que confiam no Senhor recebem sempre novas forças. Voam nas alturas como águias, correm e não perdem as forças, andam e não se cansam’. Isaías 40:29-31.

Advertisements

~ por Fernando Ortega em Sábado | 21 Novembro | 2009.

20 Respostas to “Conto de um gaúcho”

  1. Glórias a Deus por seu testemunho…um bálsamo para nós(principalmente nós jovens!!)

    Com certeza Deus tem um plano para tua vida…. assim como os amigos que ele escolheu para te ajudar nesta caminhada….
    Os versículos citados, mostram que se formos “fiéis na nossa fé” Ele se manifesta…. e agindo Deus quem impedirá?????????????????????

    Ninguém!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    P.S: esta música da Aline é benção:)

  2. Glória a Deus pela sua vida Milton!!!
    Mto bom…acabei de ter uma conversa cm Deus exatamente há uns 2 min. antes de entrar no blog e seu post foi confirmação…rs
    Brigadão querido vc foi benção na minha vida hj!!!

    Abraços

    Fica na Paz!

  3. aeeeeeeeeeeeeee Milton!
    to tão feliz por vc!
    é mto bem ver a sua vida, ver como Deus te transformou e o q Ele fez e faz por vc!
    agradeço mtoo a Deus pela sua vida!
    seja sempre essa benção para os que te cercam!
    Que Deus te use mais e mais!

    hugs
    =)

  4. Gloria a Deus por sua vida Milton,
    que Deus use sua vida..e td isso sirva de referencial pra nós…

    Abraços..

    P.S: Amiga Miriã falta vc fazer seu post ai …rsrs

  5. Nooo, Miltão, tipo assim cara, se um dia vc cansar de ser medico, invista na carreira de escritor, tu tem futuro kra.Agora falando sério, sua história é linda, cheia de mudanças tanto pessoais quanto de ambiente(hihihi). Vc está so começando, com certeza outras experiencias virão te fazendo crescer cada vez mais.Se considere mais que vencedor.É isso ai maninho. Hugs for you brother, i will be wating for you in the msn.See you!!!

  6. Olha que interessante.. minha cidade no NMM…heeh… é nóis!!

    bacana Milton ouvir sua história…gosto muito dessa música da Aline tbém… “até o fim”…. Amém..

    abraços

  7. adoreeei !
    parabéns , qe DEUS continue te abençoando 😉

  8. ….Com certeza Deus fez e fará muito mais por vc meu querido.
    Suas palavras me surpreenderam, mas confesso, o crescimento é visível e a mudança é notória…te amo muito…DTA

  9. ….Hehehehe, realmente comentei e nem percebi que estava o fazendo em teu nome….mas reafirmo que Deus tem feito muita coisa na tua vida e fará muito mais…eu creio num Deus vivo, que transforma as pessoas, basta que elas deixem ser usadas para isso…Te Amamos muito, bjs

  10. Oi, galera do NMM!
    Fui muito abençoada através desse post hoje. Só vim ler agora, mas precisava realmente lembrar que Deus sempre age em nossas vidas sejam quais forem as circunstâncias. Isso me trouxe ânimo para voltar a acreditar em meus sonhos… estava numa tremenda guerra espiritual.
    Deus tem usado verdadeiramente vcs, podem ter certeza absoluta disso!!

    Só tenho uma observação a fazer… visito o blog regularmente e tenho percebido que a galera do NMM é quase toda da região Sul e Sudeste… Poxa, sou nordestina (de AL)… axo que esse blog precisa ser conhecido em todo país, to fazendo a minha parte!!
    Espero ver postagens e quem sabe até colunistas de tudo quanto é canto do Brasil! kkkkkkkkkk

    Esse blog é uma benção!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Fikem na paz

  11. Glória a Deus pela sua vida, Milton!
    Seu testemunho falou muito ao meu coração…
    Como nosso Deus é maravilhoso, e qdo ele transforma a vida de uma pessoa, é pra valer..
    Testemunho simplesmente lindo…

    Que Deus continue derramando das bençãos dEle sobre a tua vida..
    Abraço!
    Bê. Minozzi.*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s