A Armadura de DEUS [Parte 6/8] – O Cinto da Verdade

cinto_verdadeUhuuu! Estamos na 6º semana de nosso estudo sobre a Armadura de DEUS. (Perdeu as outras? Clique aqui para ler!) Hoje vamos falar do “Cinto da Verdade”. Então, “aperte o cinto” e vamo lá! (Nossa q piadinha péssima!!! 😛 )

“Estai, pois, firmes, tendo CINGIDOS OS VOSSOS LOMBOS COM A VERDADE …”

Essa é a terceira vez em apenas quatro versículos que pala diz “permaneça” ou “permaneça firme.” Ele repete isso pois isso é essencial para uma vida cristã vitoriosa. Devemos estar resolvidos a não sermos empurrados para trás, a não nos retirar, e não daremos qualquer solo ao inimigo na verdade que foi confiada a nós. Retroceder não é uma opção. Como nos é dito em Tiago 4:7 “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Resistir é lutar, que é recusar a ceder terreno. Devemos fazer isso pela verdade que nos foi confiada.

Ao explicar como colocar a armadura de Deus, Paulo começa dizendo para cingirmos nossos lombos com a verdade . “Lombos” na Escritura é freqüentemente usado como referência à reprodução. “Cingir seus lombos” é se vestir de um modo que seus órgãos reprodutivos fiquem protegidos. É claro, isso é dito espiritualmente. Então, como cingimos nossos lombos com a verdade?

Em primeiro lugar, era considerada uma maldição nos templos bíblicos ser estéril. A comissão original do homem era “frutificar e multiplicar” (Gênesis 1:22). É claro, tem aqueles que são estéreis no natural e tem muitos filhos espirituais, como lemos em Isaías 54. Há também os que são celibatários para o reino, como Paulo, e tem muitos filhos espirituais. Contudo, ninguém deve deixar de ter filhos espirituais. Então, como nos reproduzimos espiritualmente? Fazemos isso com nossas palavras.

Assim como o Senhor explicou na parábola do semeador que a semente é a Palavra de Deus, palavras são sementes Palavras vão amadurecer e dar fruto.

“O ensino do sábio é fonte de vida…” (Provérbios 13:14)

“A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.”(Provérbios 18:21)

Isso nos leva a uma questão importante. Quais tipos de sementes nós estamos semeando? Estamos semeando vida ou morte com nossas palavras? É por isso que o apóstolo diz para nos cingirmos com a verdade. Queremos que nossas palavras sejam verdade, sobre todas as coisas, para que o fruto delas seja vida. Como o Senhor disse em Mateus 12:33-37:

Ou fazei a árvore boa e o seu fruto bom ou a árvore má e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore. Raça de víboras, como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração. O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más. Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo; porque, pelas tuas palavras, serás justificado e, pelas tuas palavras, serás condenado.

Se nossas palavras serão espírito e vida, então temos de nos envolver em verdade. Devemos amar a verdade, buscá-la, e abraçá-la como o maior tesouro. Devemos honrá-la, sendo dedicados em falar somente a verdade. A verdade é o artigo mais básico e mais precioso que nos foi confiado. Em todas as coisas ela deve ser uma devoção essencial em nossa vida. É por isso que vemos em II Tessalonicenses 2:10 que não são aqueles que apenas tem a verdade, mas aqueles que tem um “amor pela verdade” que não serão enganados nos últimos dias. É assim que cingimos nossos lombos com a verdade – amamos a verdade o bastante para estarmos cobertos com ela continuamente.

É claro que a verdade sobre a qual estamos falando é a Palavra de Deus. Assim como um cavaleiro levanta a cada dia e põe a sua armadura, se preparando para as batalhas do dia, nós também precisamos como primeira coisa no dia nos envolver com a Palavra de Deus. Há muitas outras exortações na Escritura nos exortando a nos dedicar a Palavra de Deus em primeiro lugar a cada dia. A primeira coisa que os sacerdotes tinham de fazer a cada dia era se lavarem, o que representa a limpeza pela Palavra. Os filhos de Israel tinham de colher o maná do céu a cada manhã, que representa a Palavra viva de Deus. Aqui, vemos que começamos a colocar nossa armadura nos cingindo com Sua verdade. Se gastássemos um tempo com a Palavra em primeiro lugar em nossos dias, isso mudaria nossa vida.

Deveríamos estar preocupados com a esterilidade espiritual assim como nos tempos bíblicos a esterilidade natural causava preocupação. Devemos proteger nossa habilidade de reproduzir, e somente podemos fazer isso com a mais básica devoção à verdade, a Palavra de Deus.

Texto: Rick Joyner

DEUS abençoe poderosamente!!!

No amor de JESUS,
Fernando Ortega.

Veja as outras partes deste estudo aqui.

Anúncios

~ por Fernando Ortega em Sexta-feira | 24 Abril | 2009.

Uma resposta to “A Armadura de DEUS [Parte 6/8] – O Cinto da Verdade”

  1. Realmente a verdade de Deus é algo que contagia, que se destaca, que desperta interesse!

    As vezes vemos pessoas que nem conhecemos mas percebemos que tem alguma coisa diferente na vida dela, e logo depois descobrimos que a pessoa é uma discipula de Jesus, que anda segundo a verdade dEle.

    Acredito que uma pessoa que ama a verdade e a segue, se torna luz e sal, e desperta interesse no coração das pessoas que não conhecem e não seguem a palavra de Deus, e com isso frutificam apenas com seu testemunho de vida (pra mim, o testemunho mais importante).

    Abraços!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s