[Vacilô leva na testa] Meu animal Interior | Espirito X Carne

animal_interior

Vamos entrar em um assunto q gera vergonha mas, q é preciso ser dito. Acredito q muitos passam por esta luta e é importante falar abertamente sem religiosidade. Já faz um tempo q tenho disponibilizado o link para a “xxxchurch” mas, nunca tinha postado algo sobre.

Nota NMM: Júlio, isso não é um membro da torcida palmeirense!!! hahaha!!

Segue um texto retirado do site:

Acredito que quase todos já ouvimos ou lemos aquele provérbio que fala que dentro de nós vivem dois cães: um mal e outro bom. No decorrer dessa história é perguntado qual dos dois sobreviverá e é respondido que viverá aquele que for melhor alimentado.

Está aí uma verdade: todos temos um animal que vive dentro de nós, que é justamente a nossa própria natureza pecaminosa, aquela que nos leva a fazermos coisas que mesmo sabendo que não são certas, boas ou agradáveis acabamos praticando. O interessante é que isso está muitíssimo bem retratado por Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, em Romanos 7: 14-15:

“Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço.”

Diante disso, o melhor que temos a fazer é compreendermos que somos imperfeitos e entendermos de uma vez por todas que inevitavelmente erramos, pecamos, agimos contra nossa vontade. E não adianta simplesmente nos deprimirmos achando que não somos nada e não merecemos nada, portanto, nem adianta lutar. Aí está um grande problema: diante desta constatação muitos se entregam de vez ao pecado e pensam que não têm mais salvação.

Mas aí é que vem a outra parte da história: Jesus Cristo, através de seu sacrifício e ressurreição, nos concede o perdão e a salvação por meio de sua graça redentora, e é justamente por Ele e com Ele que conseguimos força pra “alimentar o cão certo” (mesmo que em algum momento coloquemos a comida na tigela errada).

“Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes mortifico o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.” (1 Coríntios 9:26-27)

Colocando isso na prática é fácil percebermos como ficamos em conflito e não aplicamos essa verdade em nossas

vidas.

Um exemplo disso pode ser justamente uma pessoa que é viciada em pornografia ou em masturbação, ou tenha qualquer outro vício. Durante anos ela alimenta esse vício, diariamente. Em um determinado momento ela adquire a consciência do seu erro, de seu pecado, e passa a “aborrecer o que faz”. O maior erro é essa pessoa achar que basta ela dizer que nunca mais fará isso que, como num passe de mágica, tudo mudará.

Gente, foram anos e anos de alimento diário para esse “cão”, ele está bem alimentado, vitaminado e forte. Não morrerá de uma hora pra outra. Será necessário um certo tempo de luta e mortificação da própria carne, diariamente também, para se alcançar a libertação tão desejada.

É como a filosofia adotada pelos Alcoólicos Anônimos: um dia de cada vez. Todo viciado que passou pelo processo de desintoxicação do corpo sabe que ele será “viciado” para o resto da vida, porque o desejo de querer usar a droga estará em sua carne, mas a vontade maior de ser limpo e ficar limpo é que lhe dará forças pra não recair, e mesmo que nesse processo aconteça alguma recaída, ele levantará a cabeça e se manterá no foco maior: continuar limpo.

Assim somos nós com nossos vícios, independente da área, pornografia, masturbação, fornicação etc. Que você passa buscar em Deus forças para mortificar diariamente a sua carne, combatendo aquilo que você sabe que é o “cão mal” que vive dentro de você, pois Deus é maior para te fortalecer. Ele sabe que você é carnal, vendido sob o pecado, mas que também é (ou pode vir a ser) resgatado desse estado por meio do sacrifício de Cristo.

Não desanime no seu combate. Ele faz parte de nossa vida, assim como também faz parte de nós o amor libertador, fortalecedor, renovador e incondicional de Deus.

E se me permite, vou registrar aqui alguns conselhos que a sexóloga da SexxxChurch, Sâmara Baggio, nos fala para te ajudar no combate àquilo que te faz pecar:

“Como o grupo AA, existe a consciência de que a luta contra o alcoolismo nunca está totalmente vencida, basta um dia de cada vez. Muitas pessoas desanimam por que acreditam que com uma simples oração tudo pode se resolver, e eu não quero aqui reduzir o poder milagroso de Deus. Eu quero enfatizar que tudo na vida tem início e para chegar a um fim houve um processo de dias, meses ou anos e não será de uma hora para outra que este processo alimentado terá fim. Deve haver perseverança, determinação, temor a Deus e respeito a si próprio. Se caiu, levante e continue, não regrida!!! Se transou com a namorada e entende que isso é fornicação, ore, converse, estabeleça metas e pare de ficar sozinho com ela. Se há masturbação, não fique muito tempo sonhando acordado, não fique sozinho no quarto ou no banheiro, não veja site pornô, não veja cenas que provoquem excitação sexual, lembre-se que sexo é para ser desfrutado a dois e não é um ato egoísta e veloz e lembre-se que não deve fazer dos seus membros (mente, corpo, mãos) instrumentos de iniqüidade. Seja forte!”

Créditos: xxxchurch

~ por Fernando Ortega em Quinta-feira | 11 Setembro | 2008.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s